Breves reflexões sobre emagrecimento

ml3

Oi amigas, essa semana me deu uma saudades de Paris. Fiquei vendo essas fotos e pensando que a próxima vez que for a Paris quero tirar fotos de corpo inteiro. rs

 

Agora sobre a alimentação:

Primeiro, nunca em 1827368934 de dias de dietas que tentei eu experimentei uma alimentação tão regrada. Os 3 primeiros dias foram quase um espanto:” oh, eu estou desapegada da comida, eu consigo comer nos horários certos” . A afinada foi impressionante também…. Visível, meu marido disse que “sequei” como é bom ouvir dele. Mas quem acompanha meu blog, sabe que apenas “secar” não é a minha prioridade, eu quero me adaptar ao estilo de vida magro e não mais sofrer com efeito sanfona e nem ter que passar o resto da vida contando pontos.Em suma, eu quero aprender a comer, definitivamente, e fazer isso com a tranquilidade de um velho pianista tocando suas peças mais difíceis no piloto quase “automático”. ahaha

Então vamos lá, depois do terceiro dia ela bateu , a fome. Bateu junto com um frio de matar. Você sabe que está com fome quando começa a olhar no relógio esperando a próxima refeição. Sim, isso aos olhos de uma pessoa magra por natureza deve ser algo ridículo.

Mas antes de comer eu lembrei daquele balãozinho do vp escrito “pense antes”, aí ponderei tudo. Eu quero e preciso fazer da alimentação nos horários corretos um hábito, mas antes preciso vencer essa etapa mais difícil dos primeiros 15 dias. Superado o primeiro mês algo vai ser mais fácil, não é difícil perceber isso.

Quinto dia, até 15h comendo nos horários certos e com um almoço pobre de uns 2 pontos (sopa, eu estava correndo pra alimentar minha filha) eu dei uma desregulada até  à noite. A fome bateu mesmo n hora do lanche, comi meu sanduiche integral e queria mais. Saí do modo “auto controle” para o modo “jaca”. Já que comecei a comer vou comer mais. Não foi um estrago gigante, mas foi algo de velho hábito.  Voltamos ao início do jogo. Você perde para a compulsão e retorna algumas casas, Mas já adquiriu experiencia e provavelmente não ganhará nenhuma grama por um pequeno deslize. Nosso metabolismo é bom!

No mais, é maravilhoso comer nos horários. Fome? tá pra nascer quem me convença que existe emagrecimento sem ela. O que importa é que estou nos trilhos e satisfeita. nada se compara à sensação de estar no controle da própria vida.

bjs carinhosos!

Advertisements

One thought on “Breves reflexões sobre emagrecimento

  1. Acabei de desconectar o chip do gordo de mim… eu e chocolate ainda não fizemos as pazes… terá que ser doses homeopáticas.. achocolatado,,, tornarei no adoçante…. ver um calmante pra ver se me ajuda num problema de saúde, pq dermato só pra ano que vem e olhe lá. Talvez o SUS seja melhor nisto.
    Amiga;;; sábias palavras, como sempre… Fome e eu nos encontramos em todas as dietas e nunca é fome de alface. kkkkkkk
    Mas chegarei no depois que dá a vontade de tirar foto de corpo inteiro…
    Parabéns pelo elogio do marido *_*
    Aqui isto é RARO… mais fácil ganhar na Mega. rs
    Bjs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s