Pensar magro é…

Pensar magro é esquecer da comida. e falando nisso- acabo de ver que já são mais de meio dia e ainda nem comecei a fazer o almoço.

Pensar magro é sábado, ao ver que não tenho nada pra fazer decidir ir malhar- porque é gostoso e porque quando corro, a minha energia vai lá em cima.

Pensar magro é saber que 2012 tá chegando e eu não vou prometer mais uma vez em vão que vou perder peso. é poder escolher uma roupa branca sem medo.

Pensar magro é subir na balança hoje, terça no meu dia de pesagem e ver a balança marcando 55kg, 1kg a mais do que eu planejei para a virada do ano. in-crí-vel isso- a prova maior de que quando a gente realmente pensa positivo e se abre, e se torna merecedor, as coisas acontecem.

(Relembrando que eu estive na casa dos 90 na gravidez.. ai ai)

Pensar magro é decidir nunca mais voltar a engordar. mas sem muitas neuras e stress. apenas me monitorando sempre e voltando pra linha.

Pensar magro é ver que apesar de mais um ano que está indo embora, vc continua jovem e cada vez mais amadurecida perante a vida. parece contrastante né? rs

Pensar magro é bom demais… a propósito, desejo um 2012 mais leve para todas nós…

Beijos girls

Filósofos do pacote de biscoito

Gente- antes de qualquer divagação calórica, rs, eu sumi foi falta de tempo mesmo! Mas semanalmente estou aqui para colocar vcs a par do processo de emagrecimento e suas dificuldades.

Essa semana, ufa! eu me esforcei muito e acabei cumprindo o combinado de perder o kg que eu havia ganhado. Tenho que adimitir que foi mais difícil do que eu pensava. Acabei descobrindo que eu estava adquirindo uma mania que foge dos hábitos alimentares saudáveis: lanchar logo após o almoço. rs. Engraçadíssimo isso, mas mal eu acabava de almoçar e ia na cozinha fazer mais uma boquinha. e o resultado disso, fome de matar ao anoitecer e pelo meio da tarde. Isso atrapalhava demais a minha dieta, e durante essa semana que tive que fazer um esforço a mais para não comer e emagrecer e meu kg recém adquirido, foi barra!

rsrs

E ontem aconteceu de novo. Por volta da hora do almoço eu “tropecei” num pacote de biscoitos que comprei para a filhota, um biscoitinho que ela adora, nada nutritivo e que não sacia ninguém. Sabe, aqueles biscoitos? rs. e se engana quem pensa que comi um só, ou dois, ou três. eu comi o pacote in-tei-rinho. Pensei: ah, já que comecei vou entrar nos flex. não parei nem pra raciocinar se o biscoito valia à pena. Era a bendita mania de comer depois do almoço;

Então, ontem lendo o livro que comprei no VP “Emagrecimento Definitivo”. Eu vi que algumas das características fundamentais pra atingir um peso saudável e mantê-lo para sempre são:

-ter hábitos alimentares “normais”

-aprender com as experiencias

-modificar pensamentos negativos

 

Por isso eu estou decidindo modficicar de vez esse hábitozinho chato que foge de ser um hábito alimentar normal.e sério- adeus a isso. Não sou mais criança pra ficar comendo biscoito fora de hora e ainda mais após o almoço. e além disso, não quero de jeito nenhum me sabotar. Essa semana estarei em fase de teste e observação. Quero e vou conseguir mudar isso. E claro, conto tudinho aqui pra vcs. rs

Quero aproveitar e muito essa jornada de descoberta de um equilibrio na alimentação e não posso esconder os hábitos ruins debaixo do tapete né girls.

 

Beijocas a todas

take it easy

Gente, pesei hoje- um dia antes do dia de pesagem porque aconteceu o que eu suspeitava… Eu e meu marido tivemos uma ótima semana na Bohemia. Saimos pra beber e comer churrasco todos os dias, fomos ao clube, e esse programa era bem no horário da atividade física. Sentei com meus miolos e disse: vou dar umas ferias de uma semana pra mim. Às vezes, reeducação alimentar é uma rotina que cansa também, assim como o trabalho. mas é bom saber: tirou férias da R.A ao menos por um milagre . vc engorda. especialmente se vc já foi bem cheinha algum dia.

E o resultado disso foi: 1kg a mais. o mesmo peso que engordei quando passei uma semana comendo de tudo na casa de mamãe.

Se estou triste? Juro por deus que não. Sei que é dificil acreditar, mas tenho certeza que até terça que vem esse kg já foi embora. Já fui pra cozinha hoje e toda vez que volto a cozinhar é como se eu assumisse as rédeas da minha boca de novo. e é algo prazeroso demais viu.. cortar meus legumes, refogar minha carne…

Gente, e agora é que  eu vejo como o emagrecimento está amadurecendo dentro de mim, eu não arranco mais os cabelos por ter ganhado 1kg. Eu simplesmente volto para a linha, satisfeita por estar aprendendo a chegar num equilíbrio….  1kg a mais nunca vai ser o fim do mundo. a palavra neorose não combina com o estilo de vida que quero pra mim. não é MARA isso? rs

beijos Girls

 

Decida

Nem quando tinha 10 anos entrei numa calça jeanS 38. Nunca me senti feliz sem sutiã ou vestindo um top minúsculo com a pança ao ar livre. Jamais deixei de ter pânico praiano no final da primavera. Mas, depois de muita terapia e chuchu refogado, decidi: sou muito mais gostosa do que essas esqueléticas posando de cabide maquiado em capa de revista de moda. Porque, na verdade, gostosura não é ter 1,77m e 50kg nem 300ml de silicone, lipoescultura ou botox até na pupila. Ser gostosa é decisão. Decida que seus culotes, apesar de não serem a coisa mais linda do mundo, são facilmente extermináveis. Faça um tratamento estético e acabe com eles.

Decida dar um tapa na cabeça do seu namorado sempre que ele te chamar de “gordinha”, “fofinha” ou qualquer coisa terminada em “inha” que cause ódio: você é a única pessoa que pode xingar a si mesma, é bom que fique claro. Decida reclamar menos do seu corpo e aproveitar mais todas as sensações que ele pode te proporcionar se você parar de se torturar com cada estria que se instalar na sua bunda. Burrice é dar valor exagerado ao que é, na essência, detalhe. Tragédia é a fome na África, o assassinato dos bebês-foca, e não a falta de elastina no seu glúteo direito!

Decida chutar pra estratosfera padrões de beleza: os peitos da Gisele Bündchen são dela, não seus. A barriga sarada da dançarina de axé é dela, não sua. E, na real, se ser padrão fosse tão bacana, essa mulherada não viveria neurótica, com bulimia, anorexia, disfunção renal, cerebral, hemorroidal… No fim, todas nós sofremos de prisão de ventre.

Decida que “osso largo”, “retenção de líquido” e “gases” não são desculpa para não ter a cintura da Jennifer Lopez – você tem outra estrutura, simples assim. Não dá para ser leoa com pelagem de jaguatirica. Mas dá para ser uma leoa deslumbrante.

Decida que você, e o que existe de melhor em você, não se resume naqueles 2 ou 3 ou 10kg de banha que insistem em não sair do seu quadril. Quem acha o contrário deve ser posto de quarentena na sua vida. E se for você que pensa assim? De duas, uma: Freud ou Jung. Não, três: pode ser Lacan, também.

 

Se você decidir que quer mais é ter a barriga sarada, a bunda dura, o peito empinado e a coxa marmórea, vá em frente. Malhe. Feche a boca. Gaste com cirurgias, mas não se engane pensando que depois disso sua felicidade será plena, porque alegria e auto-estima não vêm de brinde com a lipoaspiração. Lembre-se de que o embrulho do presente acaba indo pro lixo. Então, para facilitar minha existência, decidi que sou gostosa. Compro roupas que valorizam o que tenho de bom (peitões, no caso) e não tento me vestir como um catálogo da Dior: o máximo que conseguiria seria parecer um espantalho fashion louco. Não me abalo mais com comentários testosteronentos e babões diante de corpos fenomenais: não dediquei a minha vida a ter um daqueles, por isso não posso querer ter um daqueles (simples, não?). Aprendi que o prazer que um jantar com vinho e risoto de pêra com gorgonzola me proporciona é infinitamente maior do que poder rebolar ferozmente a buzanfa no show da Tati Quebra-Barraco.

Hoje, sou gostosa pacas. Mas continuo odiando qualquer mulher que fica linda de morrer num biquíni. Eu decidi ser gostosa, mas não virei a Irmã Dulce. Ainda bem: decidi também que ser boazinha não combina comigo.

 

(texto MARA de Alin Aleixo pra refletir)

semana da comilança

Nunca , desde o nascimento da mel acho que comi tanto. Saí pra jantar com marido, Saí com as amigas, tomei um café foam ma-ra-vi-lhoso no café com letras, tinha todo tipo de chocolate embutido…. comi pipoca amanteigada, pizza. pacote de biscoitos e bolacha inteiros . o que me segurou sem engordar uma grama foi a atividade física.- inclui um dia a mais essa semana por mera preocupação mesmo, afinal não é porque estamos quase chegando à meta que vamos relaxar. minhas idas e vindas e sanfonadas de anos na balança me levaram a crer que comer bem é preciso- e tal precisão vai ter de ser observada uma vida inteira. Isso significa que quando o navio está à deriva-tipo esta semana, o alarme da possibilidade de engordar deve ficar ligado; e cá pra nós meninas – eu é que não vou ser boba de desligá-lo. só quem perde peso sabe que não é fácil mudar hábitos, e quanto suor vale cada kg perdido.

é por essas e outras que hoje meu dia de pesagem foi o melhor possível. nem uma grama a mais. ufa!